PortuguêsEnglish

Apresentação

O Programa de Pós-Graduação em Sociologia, da Universidade Federal do Ceará (UFC), é constituído pelos cursos de Mestrado e Doutorado, tendo ambos como área de concentração a Sociologia e como áreas de domínio conexo a Antropologia, a Ciência Política, a Filosofia e a História. O Mestrado foi implantado em 1976, com área de concentração em Sociologia do Desenvolvimento.

Posteriormente, seguindo-se recomendações da CAPES, tendo em vista mudanças no perfil das linhas de pesquisa e das áreas temáticas trabalhadas pelos docentes e discentes do curso, a área de concentração passou a ser Sociologia. Em 1994, foi implantado o Doutorado, igualmente recomendado pela CAPES, e, no processo de qualificação dos cursos de pós-graduação, no Brasil, obteve grau de excelência (nota 5). Com a criação do Doutorado, articulado ao Mestrado, constituiu-se, pois, o Programa de Pós-Graduação em Sociologia da UFC, representando a conquista de um outro patamar acadêmico, resultado de esforços coletivos, expressos na dedicação ao ensino e à pesquisa e numa produção acadêmica que se tem ampliado ao longo de vários anos de experiência. No período compreendido entre dezembro de 1978 (defesa da primeira dissertação) e dezembro de 2003, foram defendidas 246 dissertações e 50 teses (a primeira destas, em 1997).

O Programa de Pós-Graduação em Sociologia da UFC mantém intercâmbio com centros de excelência nacionais e internacionais, na área de ciências sociais, através de convênios, pesquisas e pesquisas de intercâmbio de professores e alunos.

Em termos de infra-estrutura, o Programa dispõe de uma biblioteca setorial, comum ao Centro de Humanidades, e biblioteca especializada, mais voltada para as disciplinas e pesquisas vigentes no curso.

A divulgação da produção de professores e alunos tem se efetivado através da publicação de livros e também de artigos em periódicos ligados a diversas instituições, em diferentes centros. Ademais, o Programa conta com a Revista de Ciências Sociais (periódico do Departamento de Ciências Sociais, com circulação ininterrupta desde 1970), constituindo-se num veículo importante para a difusão e troca de experiências entre instituições nacionais e internacionais.